26 de janeiro de 2013

33 vezes: Garotas de Vidro, de Laurie Halse Anderson


Levantando uma problemática atual e cada vez mais presente na vida de muitas pessoas (principalmente jovens), Garotas de Vidro é um livro cruel e instigante sobre uma luta contra a realidade de uma jovem.

Garotas de Vidro conta a história de Lia, uma garota que é doente e com uma grande obsessão pela magreza, que a torna uma pessoa cada vez mais confusa entre a realidade e as mentiras que inventa. Mas, quando sua ex-melhor-amiga morre sozinha em um quarto de motel,, ela perde completamente o controle. A pior parte é que ela ligou para Lia 33 vezes antes de morrer, mas ela não escutou pois seu celular estava soterrado em uma pilha de roupas.


Tudo começou com uma aposta entre Lia e Cassie para ver quem ficaria mais magra. O que elas não esperavam era que isso se tornaria um pesadelo. Com toda a pressão da morte de sua amiga, Lia começa a se afundar ainda mais em sua dieta insana e apela para a autoflagelação. Apesar de todos a sua volta tentarem ajudá-la, ela insiste em continuar. Mas chega um momento em que Lia tem que decidir: ou ela enfrenta seus fantasmas, ou o buraco pode ser muito mais embaixo.


Há muito tempo eu não fico tão grato pela minha teimosia do que quando decidi, às quatro da manhã, decidi ler esse livro em uma sentada. Mesmo sonolento, fui peguei o livro e comecei a ler.

Não esperava encontrar algo tão bem escrito e com uma estrutura de texto tão bem elaborada. Imaginei que ia ser algo superficial, como já vi em outros livros com a mesma temática, mas esse me pegou de surpresa. O texto é manipulado de uma forma que mostra a mente confusa e irregular da personagem, inclusive alternando em muitos momentos entre o passado e o presente, portanto o livro exige um leitor atento, mas não imagino que isso seja um problema. A história te prende tão fácil que, quando você menos espera, está chegando no final.

Cada personagem é extremamente bem caracterizado de acordo com a mente da protagonista - já que o livro é narrado na primeira pessoa-, então nós somos subjetivamente induzidos a vê-los como a protagonista os vê, o que deu uma incrível veracidade ao texto.


Assim, o enredo é conduzido perfeitamente por todos os personagens. Garotas de Vidro é uma história simples e, ao mesmo tempo, sombria. Apesar de ser uma obra de ficção, é uma história que se repete com inúmeras pessoas que podem estar mais próximas de você do que imagina. Portanto se você souber de alguém com algum distúrbio alimentar, procure ajudá-lo. Muitos negam ajuda, mesmo assim insista, pois na maioria das vezes essas pessoas só precisam de alguém que se importe de verdade.

Por fim, eu adorei esse livro e recomendo avidamente para qualquer pessoa, principalmente para aquelas que gostam de um young adult com um conteúdo mais profundo que o comum.

Título Original: Wintergirls
Autor: Laurie Halse Anderson
Tradutor: Ana Paula Corradini
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
ISBN: 9788581630113
Nº de Páginas: 272
Onde Comprar: Livraria Saraiva/Livraria Cultura/Book Depository (Em inglês)

Mateus Bandeira - @mateusbnd. 18 anos. Estudante de Cinema e Audiovisual na UFC e criador do Padoka. Apaixonado por cinema, música e literatura, espera algum dia viver de alguma dessas coisas - ou de todas elas. Sucker de cultura pop.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Comente aqui!