19 de março de 2011

Books That Vice: Ardente Perigo - Larissa Siriani

Em breve, capa nova.
Título: Ardente Perigo
Autora: Larissa Siriani
Editora: Publicação Independente
ISBN: Não consta.
Nº de Páginas: 268
Tempo de Leitura: Três dias.
Onde Comprar: PELO BOOKESS
Sinopse: A mudança repentina de Théo Ferro para a cidade fria e turística de São Joaquim, em Santa Catarina, vai balançar mais a vida da jovem Laura do que ela esperava. Após dezesseis anos vivendo uma vida de adolescente comum, sua vida vai virar de cabeça para baixo ao conhecer um garoto sem passado, sem família e cheio de segredos, pronto para lhe mostrar que o mundo não é nem um pouco parecido com o que ela conhece. Em Ardente Perigo, uma jovem comum se vê cara a cara com perigos inimagináveis, fatos inexplicáveis e um amor perigoso demais para ser vivido. E o caminho pode não ter volta.
Laura tem dezesseis anos, e adorar ler romances sobrenaturais, particularmente Crepúsculo. Sempre sonhou com os galãs perigosos e que um dia ela poderia viver uma aventura como as de suas heroínas dos livros. Mas para a sua tristeza, ela apenas tem um namorado muito grudento, pelo qual ela não nutre mais o sentimento de amor. Porém, sua vida começa a mudar quando um misterioso novato chega a sua escola. Logo Laura se vê perdida em um enigma que pode decidir o destino do mundo no qual ela vive.

O que falar deste livro primeiro? Ele te engana. Sim! Te engana MESMO. Comecei esse livro lendo no caminho de uma viagem. Achei que seria uma leitura fácil, que iria ler muito rápido, pois o livro parecia ser muito divertido. Mas aí, fui lendo... e lendo... e lendo... e lendo... e nada de acontecer algo. Sabe o que é você querer mesmo que o livro seja divertido, que ele engate pelo menos a primeira? Pois é, estava na página oitenta com este pensamento. O livro estava muito parado. Parado mesmo. Nada acontecia. Ficava só naquele mistério, só que acabou enrolando tanto, que acabou ficando chato. Então, dei um tempo e fui ler outro livro. Foi muito bom para eu dar uma esfriada na minha cabeça, e voltar revigorado para Ardente Perigo. Não poderia ter feito coisa melhor. Ao voltar a ler, adivinha... O LIVRO ENGATOU! Não só a primeira, foi direto para a quarta marcha! E ao terminar o livro eu  só podia pensar "Meu Deus! Que livro DEMAIS!"

Confesso que até agora estou impressionado com o livro. Ele conseguiu passar uma primeira imagem chata, e depois mudar completamente o meu conceito sobre ele. A maneira como a autora manipula você para pensar que tal coisa é verdade, mas depois ela mostra que não é, e de novo ela faz este jogo e deixa você totalmente confuso, que você não sabe mais o que é verdade e o que não é! Entenderam? Isso SIM é que é mistério. Até agora estou pensando como ela pode me enganar tão bem... Mas isso sem dúvida quer dizer que o livro é muito bom. A Larissa soube muito bem como construir o mistério, porém, só extendeu demais o mistério do começo do livro. A única coisa que eu não gostei no livro foi o uso exagerado da gíria "guri". Tá certo que o livro se passa na região sul, tem aquela coisa toda do regionalismo e tal. Mas encontrar guri e guria em quase toda página me irritou um pouco. Não sei, só achei que poderia ser substituido por outra coisa, e evitar tanta repetição dessa gíria. Tirando isso, adorei o livro mesmo! Sem dúvida.


Enfim, recomendo muito o livro! Recomendo para todo mundo que adora romances sobrenaturais! Esse livro, apesar de parecer um tanto com outros por aí, o grande diferencial dele é o mistério e a capacidade que a autora tem de manipular a sua mente! Sem dúvida, você não irá se arrepender! Ele vai te surpreender tanto quanto me surpreendeu! Então, pessoal! Espero que tenham gostado desta resenha, e adoraria saber o que vocês acharam dela, por isso, comente! ^-^ Até mais, e continuem curtindo o "Our Vices!"

Rating:

Mateus Bandeira - @mateusbnd. 18 anos. Estudante de Cinema e Audiovisual na UFC e criador do Padoka. Apaixonado por cinema, música e literatura, espera algum dia viver de alguma dessas coisas - ou de todas elas. Sucker de cultura pop.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Comente aqui!