5 de fevereiro de 2014

Our Tunes: HAIM


Eu tenho um vício que somente poucos que me conhecem sabe que tenho: procurar bandas ou cantores novos para escutar. Eu sei, eu sei, já é praticamente impossível ficar acompanhando os cantores e bandas que já acompanhamos normalmente, imagina acrescentar mais alguns a lista! Acontece que, além de ser uma das minhas formas mais legais de procrastinar, aquela sensação de quando você encontra uma nova voz, um novo som favorito, é sensacional. E foi em uma dessas minhas esbarradas da internet que conheci a banda das três irmãs Haim.

Se você é como eu e gosta de encontrar algo novo para escutar, com certeza você já bateu com HAIM na sua frente. Mas se você não escutou ainda, está perdendo e muito.


HAIM é uma banda de indie rock, formada em Los Angeles pelas irmãs Danielle, Alana e Este, que deram seu sobrenome como nome à banda. Elas são jovens, descontraídas, e cresceram ouvindo os clássicos do rock dos anos 1970 por influência de seus pais. A banda em si só foi ser formada em 2006, com a ideia de unir elementos pop e R&B ao rock que tanto amavam. Mas só depois de terem tocado como a banda de apoio de alguns artistas como Ke$ha e The Henry Clay People e lançado seu EP de três faixas gratuitamente para download em 10 de Fevereiro de 2012 intitulado "Forever", as irmãs ganharam a atenção da mídia. Não demorou muito para que caíssem de vez no gosto do público, e logo assinaram um contrato com a Polydor Records no Reino Unido em Junho de 2012.


No fim de Setembro do ano passado, a banda finalmente lançou o aguardado álbum "Days Are Gone". O álbum debut foi considerado pela revista Rolling Stone como um dos melhores de 2013, e vai alternando entre canções divertidas como "Honey & I", e canções com um tom sombrio e forte como "My Song 5", deixando quase impossível apertar o pause.



Forever é o famoso ponta-pé inicial da banda. Com a música, a banda deslanchou em paradas das rádios americanas. É uma canção bastante emblemática na base do "vamos dar mais uma chance pra nós dois", com uma guitarra chiclete, e é uma das minhas favoritas.


Conheci as irmãs Haim através dessa música, junto com um dos clipes mais engraçados que já vi! Terminar um relacionamento é uma tarefa bastante desagradável, mas não pra elas. Na música, elas confirmam isso no verso "I know, I know, I know, I know, but you're gonna be okay anyway."

Além de ser a música que dá título ao álbum, é, de longe, a minha favorita de todas as faixas. Todo o ar coming-of-age da melodia, e a letra incrivelmente emocionante dão a canção um tom de hino inusitado e incomum. É daquelas que me dão a impressão de que sou invencível quando a escuto.
HAIM é uma banda principalmente para quem gosta de um som irreverente e diferenciado. É quase como um sopro de novidade na indústria musical de hoje. Carisma e qualidade são as duas coisas que mais se sobressaem em seu som. Vale a pena conferir.

Mateus Bandeira - @mateusbnd. 18 anos. Estudante de Cinema e Audiovisual na UFC e criador do Padoka. Apaixonado por cinema, música e literatura, espera algum dia viver de alguma dessas coisas - ou de todas elas. Sucker de cultura pop.

Um comentário :